O cheiro doce de pasta de morango invadiu o banheiro! Era hora da aventura mais importante do dia para Maria: escovar os dentes! Ela adorava imaginar sua escova como um trenzinho, ziguezagueando pelos trilhos dos seus dentinhos. "Chu-chu! Próxima parada: Dente da Alegria!", brincava Maria, enquanto escovava com cuidado. Mas naquele dia, algo mágico aconteceu! Um raio de sol atravessou a janela e, de repente, a escova de dentes de Maria... virou um coelho de verdade!

"Oi, oi! Que sorriso brilhante!", disse o coelho, pulando na pia. Maria arregalou os olhos, surpresa. "Você... você fala?", perguntou ela, com os olhinhos brilhando. "E como falo! Sou o Bochechudo, o coelho que mais ama dentes brilhantes neste mundo e em outros também!", respondeu o coelho, dando um giro no ar. "Uau!", exclamou Maria. "Você pode me levar para um mundo mágico onde a escovação é a aventura mais divertida de todas?"

Bochechudo sorriu, mostrando seus dentinhos branquinhos. "Claro que sim! Segure firme nos meus pelos!", e num piscar de olhos, Maria e Bochechudo estavam em uma floresta encantada! Árvores gigantes sussurravam segredos com o vento, flores coloridas dançavam ao som dos riachos cristalinos, e fadinhas escovavam os dentes de cogumelos gigantes com escovas feitas de pétalas de rosa!

"Incrível!", exclamou Maria, maravilhada. "Aqui, todos amam escovar os dentes?". "É claro!", respondeu Bochechudo. "Escovar os dentes é mágico! Deixa o sorriso brilhante e afasta os bichinhos malvados que dão dor de dente!"

Join the Yuna Universe

Create your own stories

De repente, ouviu-se um choro. Era Laura, a prima de Maria, que estava perdida na floresta. "Laura! O que houve?", perguntou Maria, correndo para abraçá-la. "Eu queria tanto ver a floresta mágica, mas me perdi e agora estou com medo", respondeu Laura, soluçando. "Não chore, Laura! Você está segura agora!", disse Maria.

Bochechudo, muito esperto, teve uma ideia. "Que tal ensinarmos a Laura a magia da escovação? Assim, ela nunca mais terá medo e poderá voltar para a floresta quando quiser!". Laura enxugou as lágrimas e topou na hora. Maria, com a ajuda de Bochechudo, ensinou a Laura a escovar os dentes como se fosse uma brincadeira. Elas usaram fio dental que parecia um cipó mágico e gargarejaram com a água da cachoeira, que tinha gosto de tutti-frutti!

Laura estava encantada. "Escovar os dentes é muito divertido!", exclamou ela, mostrando o sorriso brilhante. Bochechudo sorriu, orgulhoso. "Viram só? A magia da escovação sempre funciona!".

De repente, Maria ouviu a voz da sua mãe chamando-a de longe. "Hora de ir, Laura!", disse Maria. "Mas eu não quero ir embora", lamentou Laura. "Não se preocupe, você pode voltar quando quiser! Basta escovar os dentes com alegria e imaginar a magia da floresta", sussurrou Bochechudo, piscando o olho.

Num piscar de olhos, Maria e Laura estavam de volta ao banheiro, com suas escovas de dentes nas mãos. O banheiro não parecia mais tão comum assim. Afinal, elas sabiam que a magia da escovação podia levá-las a uma floresta encantada a qualquer hora! E assim, Maria e Laura nunca mais esqueceram a importância de ter um sorriso brilhante e saudável, escovando os dentes com alegria e muita imaginação!

Join Yuna

Create your own stories

Join Yuna

Create your own stories

Join the Yuna Universe

Create your own stories

Create your own stories