O Tesouro do Respeito

O Tesouro do Respeito

- Olha, Pogo! Um mapa do tesouro! - João gritou, mostrando um papel cheio de desenhos estranhos para seu cachorro. Pogo latiu, animado. Ele adorava uma aventura, mesmo que seu sonho fosse ser um unicórnio.

- Vamos encontrar esse tesouro e seremos os piratas mais respeitosos da galáxia! - João declarou, imitando o jeito que ele achava que piratas falavam. Ele tinha aprendido sobre respeito na escola e queria mostrar para todo mundo como era legal.

De repente, o chão da sala começou a tremer. Um brilho forte tomou conta de tudo e, quando João abriu os olhos, ele não estava mais em casa. Ele estava em um... navio pirata! Tinha um mastro enorme com uma bandeira de caveira e tudo!

- Uau! - João exclamou, correndo para ver tudo de perto. Pogo, corajoso como sempre, ia logo atrás, latindo feliz.

Um passarinho azul com penas brilhantes cantou no ombro de João. O menino sorriu, entendendo a mensagem do passarinho: "Seja sempre gentil e respeitoso, mesmo em uma aventura!". João assentiu, feliz.

No convés, piratas com chapéus engraçados e calças largas cantavam e dançavam. Eles pararam quando viram João.

- Ahoy, garoto! - um pirata com tapa-olho e barba de polvo gritou. - O que faz em nosso navio?

- Eu achei um mapa do tesouro! - João disse, mostrando o papel. - E quero ser um pirata respeitoso!

Os piratas riram. Eles nunca tinham pensado em ser piratas respeitosos antes.

- Respeitoso? - perguntou o capitão, um sujeito grande com um papagaio no ombro. - O que isso tem a ver com tesouros?

Join the Yuna Universe

Create your own stories

- Respeito é importante! - João explicou. - É tratar todo mundo bem, cuidar do nosso planeta e não machucar ninguém!

O capitão coçou a barba, pensativo. Ele nunca tinha pensado nisso antes, mas o passarinho azul cantou em seu ouvido, concordando com João.

- Hmm... O garoto tem razão! - o capitão finalmente disse. - Vamos encontrar esse tesouro com respeito!

E assim, João, Pogo e os piratas partiram em busca do tesouro. João ajudava a limpar o convés, dividia seus biscoitos com os piratas e cantava junto com o passarinho azul. Os piratas, inspirados por ele, começaram a jogar o lixo no lugar certo e a tratar uns aos outros com mais gentileza.

Finalmente, eles chegaram à ilha marcada no mapa. O tesouro estava escondido em uma caverna secreta! Mas a entrada estava bloqueada por pedras.

- Deixem comigo! - João correu mais rápido que um foguete, usando seu superpoder. Ele empurrou as pedras para longe, abrindo caminho para a caverna.

Dentro da caverna, o tesouro brilhava: moedas de ouro, joias coloridas e... um baú cheio de sementes mágicas!

- Uau! Que incrível! - João exclamou. - Mas o verdadeiro tesouro é o respeito que aprendemos juntos, não é?

Os piratas concordaram, felizes. Eles plantaram as sementes mágicas na ilha, transformando-a em um jardim lindo e cheio de vida.

De repente, o brilho forte voltou. Quando João abriu os olhos, estava de volta em sua sala. O mapa havia sumido, mas a lição de respeito permaneceu em seu coração.

João sabia que, mesmo sem ser um pirata, podia levar o respeito para todos os lugares que fosse. Afinal, como o passarinho azul cantava, o respeito era o maior tesouro de todos!

Join Yuna

Create your own stories

Join Yuna

Create your own stories

Join the Yuna Universe

Create your own stories

Create your own stories