A Aventura Mágica na Feira

A Aventura Mágica na Feira

De onde vem a comida, mamãe? – perguntou Alice, com seus olhinhos brilhando de curiosidade.

Marina, sua mãe, sorriu.

- Da feira, meu amor! Um lugar cheio de cores, cheiros e sabores! Que tal a gente ir lá hoje e você conhecer?

Alice, que amava uma aventura, deu pulinhos de alegria! Ela colocou seu vestido mais colorido e saiu de casa saltitante com a mãe.

A feira era tudo o que Marina tinha dito e mais um pouco! Havia frutas de todas as cores, legumes que Alice nunca tinha visto antes, e o cheirinho gostoso de bolo que invadia o ar! De repente, Alice viu algo incrível: um senhor vendendo um dragão de brinquedo, com asas enormes, escamas brilhantes e que soltava fumaça pelas narinas!

- Mamãe, mamãe, olha! Um dragão de verdade! – exclamou Alice, apontando para o brinquedo.

Marina riu e explicou que era só um brinquedo, mas Alice já estava encantada. Ela imaginou o dragão ganhando vida, voando pela feira e soltando fogo pelas narinas!

Conheça a Yuna

Crie suas histórias sem nenhum custo

Enquanto Marina escolhia frutas, Alice, distraída com a ideia do dragão, começou a organizar as laranjas em fileiras, como se fossem soldados protegendo um castelo.

- Que gracinha, você está ajudando a organizar a feira! – disse uma senhora, sorrindo para Alice.

Alice, orgulhosa, respondeu:

- É porque quando a gente cresce, a gente ajuda em casa! E ajudar na feira também é importante!

Marina, vendo a cena, explicou que arrumar a feira não era bem uma tarefa de Alice, mas que ela tinha adorado a iniciativa da filha.

Continuando o passeio, Alice viu um vendedor de coco fazendo malabarismos com as frutas. Ela ficou tão maravilhada que, sem perceber, começou a imitá-lo, balançando os bracinhos para cima e para baixo. As pessoas ao redor riram da sua espontaneidade, e Alice, mesmo sem entender o motivo, riu junto.

No final do passeio, Marina comprou o dragão de brinquedo para Alice.

- Nossa aventura na feira foi muito divertida! – disse Marina, abraçando a filha.

De volta para casa, Alice brincava com seu dragão, imaginando que ele voava pela feira, soltando fumaça pelas narinas e ajudando a organizar as frutas. Afinal, até dragões podem aprender a ajudar nas tarefas do dia a dia!

Conheça nosso app

Crie suas histórias
gratuitas

Conheça nosso app

Crie suas próprias histórias

Conheça nosso app

Crie suas próprias histórias

Crie suas próprias histórias