A Merenda Espacial de Filó

A Merenda Espacial de Filó

O cheiro de pão quentinho invadiu o quarto de João, fazendo cócegas no seu nariz! Era hora de acordar e ir para a escola. Ele adorava a escola, especialmente porque hoje era dia de merenda especial! João fez um carinho em Filó, sua cachorrinha robô, que já estava prontinha para a aventura. Filó balançava o rabo, feliz da vida, e seus olhinhos digitais brilhavam como estrelas.

Na mochila, João levava sua lancheira. Ele sabia que a comida era como um combustível para o corpo, deixando ele forte para brincar e aprender. Por isso, a mamãe sempre colocava frutas, legumes coloridos e um sanduíche delicioso.

Chegando na escola, João viu algo diferente no pátio. Uma nave espacial enorme, toda brilhante, tinha pousado ali! Da nave, desceu um coelho falante, usando um capacete espacial.

“Olá, terráqueos! Sou o Coelho Astronauta e preciso da ajuda de vocês!”, disse o coelho com uma voz engraçada. “Minha nave precisa de um combustível especial para voltar para meu planeta. Um combustível feito de... cenouras!”

João ficou de boca aberta! Um coelho astronauta que adora cenouras! Que incrível! Ele logo se lembrou da merenda.

“Eu tenho cenouras na minha lancheira!”, João exclamou.

Conheça a Yuna

Crie suas histórias sem nenhum custo

Outros amiguinhos também se animaram. Correram para pegar as cenouras das suas lancheiras e logo juntaram um monte delas. O pátio da escola virou uma grande festa, com todos animados para ajudar o Coelho Astronauta.

Filó, sempre aventureira, pulava de alegria. Ela adorava cenouras também e ficou feliz em ajudar o novo amigo. O Coelho Astronauta agradeceu a todos, colocando as cenouras em um compartimento especial da nave.

“Prontas para virar supercombustível espacial!”, anunciou o coelho.

Em um piscar de olhos, as cenouras se transformaram em uma energia brilhante que abasteceu a nave. João e seus amigos assistiram tudo encantados, enquanto o Coelho Astronauta se despedia.

“Obrigado, crianças! Vocês me salvaram! Aprenderam que uma boa alimentação faz bem para o corpo e até para naves espaciais!”, disse o coelho, entrando na nave.

Com um rugido divertido, a nave espacial decolou, deixando um rastro brilhante no céu. João olhou para Filó, os dois com sorrisos enormes. Que aventura incrível! E tudo porque as crianças se alimentaram bem e tiveram a chance de ajudar um amigo espacial.

De volta para casa, João e Filó ainda se lembravam da aventura com o Coelho Astronauta. Naquela noite, João comeu todo o jantar, pensando na importância de uma boa alimentação. Afinal, nunca se sabe quando vamos precisar de energia extra para ajudar um amigo espacial!

Conheça nosso app

Crie suas histórias
gratuitas

Conheça nosso app

Crie suas próprias histórias

Conheça nosso app

Crie suas próprias histórias

Crie suas próprias histórias