O Segredo da Feira

O Segredo da Feira

No céu de São Paulo, uma estrela brilhava mais forte, como se anunciasse: "Algo mágico vai acontecer na feira hoje!". Helena, com seus quatro anos, pulava de alegria! Ela amava ir à feira com sua mãe, Marina. Tinha tanta coisa interessante para ver e cheirar!

- Mamãe, a gente pode comprar maçãs? - Helena perguntou, animada. Ela adorava ajudar a mamãe a escolher as frutas mais bonitas. Era sua tarefa especial!

- Claro, meu amor! - Marina sorriu. - E você me ajuda a escolher as mais vermelhas e brilhantes, certo?

Na feira, um arco-íris de cores e aromas as recebeu. Havia tomates vermelhinhos, laranjas suculentas e bananas douradas. De repente, Helena sentiu um cheirinho doce, diferente de tudo que já tinha sentido. Parecia...brilho de estrela?

- Que cheiro delicioso é esse, mamãe? - Helena perguntou, curiosa.

- Não sei, querida! Vamos seguir esse cheirinho e descobrir! - Marina respondeu, segurando a mão de Helena.

Elas seguiram o aroma mágico até o fundo da feira, onde um senhor de sorriso gentil vendia flores de todas as cores. Mas entre as rosas e margaridas, Helena viu algo incrível: um unicórnio! Ele era pequeno, como um filhote de cavalo, com pelos brancos como a neve e um chifre em espiral que brilhava como o sol.

O unicórnio olhou para Helena com seus olhos cor de mel e fez um barulhinho baixo, como um sussurro. E de repente, Helena entendeu o que ele dizia!

- Olá, Helena - disse o unicórnio. - Você pode me ajudar?

- O quê? Você fala? - Helena exclamou, surpresa, mas sem medo. - E como você sabe meu nome?

- Sou Flor de Lis, o unicórnio mágico da feira! - ele respondeu com um sorriso. - E eu sei muitas coisas! Preciso da sua ajuda para encontrar meu colar de estrelinhas. Ele sumiu enquanto eu brincava por aqui.

Conheça a Yuna

Crie suas histórias sem nenhum custo

Helena adorava ajudar! Ela olhou para Marina, que a observava com um sorriso.

- Tudo bem, Flor de Lis! - disse Helena, determinada. - Vamos procurar seu colar! Mamãe, posso ajudar o unicórnio a achar o colar dele?

- Que aventura mais linda, Helena! - Marina respondeu, acariciando os cabelos da filha. - Pode ir, mas fique sempre perto de mim, está bem?

Helena, com a ajuda de Flor de Lis, começou a procurar o colar. Eles procuraram embaixo das barracas, atrás das caixas de frutas e até dentro de um chapéu de palha, mas nada do colar!

De repente, Helena teve uma ideia.

- Flor de Lis, você gosta de comer maçã? - perguntou Helena, lembrando da sua fruta favorita.

- Amo maçãs! São doces e mágicas, como eu! - Flor de Lis respondeu, animado.

- Eu acho que sei onde seu colar está! - Helena disse, correndo até a barraca de maçãs.

E lá, no meio das maçãs vermelhas e brilhantes, estava o colar de estrelinhas de Flor de Lis! Ele devia ter caído ali enquanto o unicórnio admirava as frutas.

- Achei! - Helena exclamou, feliz, entregando o colar para Flor de Lis.

- Obrigado, Helena! Você é uma grande amiga! - Flor de Lis colocou seu colar e, num piscar de olhos, criou um lindo arco-íris de purpurina no ar.

Helena voltou para perto da mamãe, com o coração cheio de alegria. Ela tinha feito um novo amigo mágico e aprendido que ajudar os outros, mesmo em tarefas simples, podia ser uma grande aventura!

De volta para casa, com suas maçãs vermelhas e brilhantes, Helena sabia que nunca se esqueceria da aventura na feira e do seu amigo unicórnio, Flor de Lis. E toda vez que ela olhava para o céu estrelado, lembrava da magia que existia em todos os lugares, bastava olhar com os olhos do coração.

Conheça nosso app

Crie suas histórias
gratuitas

Conheça nosso app

Crie suas próprias histórias

Conheça nosso app

Crie suas próprias histórias

Crie suas próprias histórias