O Segredo Grato do Vulcão

O Segredo Grato do Vulcão

A casa de Alice cheirava a biscoitos fresquinhos! Vovó Adélia tinha acabado de tirá-los do forno e o cheirinho delicioso fazia cócegas no narizinho de Alice.

"Vovó, que cheiro gostoso! Você usou a minha essência de dinossauro?" Alice perguntou, com os olhinhos brilhando de curiosidade.

"Usei sim, meu amor! E sabe o que mais? Preparei um chocolate quente especial para acompanhar. Vamos levar para o jardim e tomar lá fora?", sugeriu vovó Adélia, com um sorriso carinhoso.

Enquanto tomavam o chocolate quente, Alice percebeu algo diferente no jardim. Havia um brilho diferente no ar, e as flores pareciam mais coloridas.

"Vovó, você está sentindo isso? Parece que tem mágica no ar!", exclamou Alice, com os olhos arregalados.

Vovó Adélia riu e disse: "Alice, você e sua imaginação! Mas sabe, pensando bem, hoje o dia está realmente mágico. Estou muito grata por ter você aqui comigo, meu amor."

Conheça a Yuna

Crie suas histórias sem nenhum custo

Foi então que Alice viu! Um vulcão enorme, bem no meio do jardim! Ele brilhava com uma luz vermelha e laranja, e a fumacinha que saía de sua cratera tinha o cheiro dos biscoitos da vovó.

"Uau! Um vulcão de verdade! Será que tem dinossauros lá dentro?", perguntou Alice, já correndo em direção ao vulcão.

Vovó Adélia, sempre paciente, acompanhou a neta. "Alice, cuidado! Vulcões podem ser perigosos!", alertou.

Mas Alice já estava perto da cratera. Ela espiou lá dentro e viu algo incrível! Um ovo gigante, todo colorido, descansava em um ninho feito de lava endurecida.

"Vovó, olha! Um ovo de dinossauro! Mas... por que ele está aqui no nosso jardim?", perguntou Alice, confusa.

Vovó Adélia, sempre sábia, explicou: "Alice, às vezes, a vida nos presenteia com surpresas maravilhosas. Este ovo é um presente, um símbolo de gratidão por tudo de bom que temos."

Alice olhou para o ovo, depois para a avó e sorriu. "É verdade, vovó! Temos a casa cheirosa, o chocolate quente gostoso, o jardim mágico e agora... um ovo de dinossauro! É muita coisa para agradecer!"

E assim, cheias de gratidão, Alice e vovó Adélia passaram a tarde cuidando do ovo, esperando ansiosas pelo dia em que o pequeno dinossauro nasceria.

Conheça nosso app

Crie suas histórias
gratuitas

Conheça nosso app

Crie suas próprias histórias

Conheça nosso app

Crie suas próprias histórias

Crie suas próprias histórias