"Vovô Lindolfo, você já viu um castelo de verdade?", perguntou João, com os olhinhos brilhando de curiosidade.

"Já vi muitos, Joãozinho! Mas nenhum tão mágico quanto o que eu vou te mostrar hoje", respondeu o avô, com um sorriso misterioso.

Vovô Lindolfo pegou um brinquedo diferente, que parecia um globo de neve, mas dentro dele, um castelo colorido brilhava sob um céu estrelado.

"Este é o Castelo de Brincar, um lugar secreto onde a gente pode se divertir pra valer!", explicou o avô, entregando o brinquedo para João.

João segurou o globo com cuidado, observando cada detalhe. De repente, uma luz forte saiu do brinquedo e os envolveu completamente! Quando João abriu os olhos, tudo era diferente! Ele estava em um jardim cheio de flores coloridas e árvores que cantavam.

"Uau!", exclamou João, maravilhado. O castelo era ainda mais bonito de pertinho, com torres que tocavam o céu e bandeirinhas brilhantes tremulando ao vento.

De repente, João viu seres pequeninos e travessos espiando por trás das flores. Eram os duendes do Castelo de Brincar! Eles usavam chapéus pontudos e tinham sorrisos sapecas.

Um dos duendes, com um bigodinho verde-limão, se aproximou de João e disse: "Bem-vindo ao nosso mundo! Prepare-se para brincar muito!".

Join the Yuna Universe

Create your own stories

E a aventura começou! João correu com os duendes pelos jardins encantados, brincou de esconde-esconde nas torres do castelo e até voou em um dragão de brinquedo gigante!

Cada cantinho do Castelo de Brincar era uma nova descoberta. Tinha um rio de chocolate onde João podia nadar, uma floresta de doces e um carrossel que girava sem parar, levando-o para diferentes mundos de fantasia.

João brincou tanto que até se esqueceu do tempo! Ele aprendeu a fazer mágicas com os duendes, a construir castelos de areia que viravam castelos de verdade e até a falar a língua secreta dos animais falantes.

Mas o dia estava acabando e era hora de voltar para casa.

"Vovô, já posso voltar amanhã?", perguntou João, com um pouquinho de tristeza.

"Claro que sim, Joãozinho! O Castelo de Brincar sempre estará aqui, esperando por você", respondeu o avô, com um abraço apertado.

Num piscar de olhos, João estava de volta à sala de casa, com o globo de neve na mão.

"Obrigado por essa aventura, vovô!", disse João, dando um beijo no rosto do avô.

Naquela noite, João foi dormir com o coração cheio de alegria e a cabeça cheia de lembranças mágicas. Ele sabia que, sempre que quisesse brincar e se divertir, bastava fechar os olhos e voltar ao Castelo de Brincar com seu amigo, o vovô Lindolfo!

Join Yuna

Create your own stories

Join Yuna

Create your own stories

Join the Yuna Universe

Create your own stories

Create your own stories